AS CAMADAS ELETRÔNICAS DO ÁTOMO

0
122

NO POST ANTERIOR CHEGAMOS AO MODELO ATÔMICO DE BOHR, ONDE ELE PROPÕE AS CAMADAS ELETRÔNICAS. AGORA VAMOS ENTENDER ESSES ASSUNTO!

Na eletrosfera, os elétrons giram em torno do núcleo, ocupando o que chamamos de níveis de energia ou camadas eletrônicas. Cada nível possui um número inteiro de 1 a 7 ou as letras maiúsculas K,L,M,N,O,P,Q.

Nas camadas, os elétrons se movem e quando passam de uma camada para outra absorvem ou liberam energia. Essa liberação pode ser observada, quando os fogos de artifício explodem em várias cores e luzes. As cores vem dos elementos químicos que são colocados, e as luzes vem da tendência que os elétrons têm de absorver energia quando pulam de sua órbita para uma superior, e quando retorna , emite essa energia sob forma de luz ou calor.

Quando um elétron salta para uma camada mais interna ele libera energia. Quando um elétron salta para uma camada mais externa ele absorve energia.

A energia emitida é em forma de luz. Chamamos essa energia de “quantum” de energia. O “quantum” também é chamado de fóton.

O número de camadas ou níveis de energia varia de acordo com o número de elétrons de cada átomo.

OFÍCIO SMDTS 002/2009 Em, 08 de janeiro de 2009
As camadas são denominadas com as letras: K L M N O P Q e cada uma delas suporta uma quantidade certa de elétrons.
Distribuição Eletrônica: Exemplos práticos de como fazer - Cola da Web
As camadas e o número máximo de elétrons em cada uma delas. imagem: Cola da Web

A Camada de Valência é a última camada de distribuição eletrônica de um átomo. Por ser a camada mais externa, também é a que fica mais distante do núcleo atômico.

De acordo com a Regra do Octeto, a camada de valência precisa de oito elétrons para se estabilizar.

Assim, os átomos adquirem estabilidade quando têm 8 elétrons na camada de valência. Isso acontece com os gases nobres, eles apresentam a camada de valência completa. A única exceção é o elemento Hélio que possui 2 elétrons.

Os demais elementos precisam fazer ligações químicas para receber os elétrons faltantes e alcançar os oito elétrons na camada de valência.

Os elétrons da camada de valência são os que participam das ligações, pois são os mais externos.

Além das camadas eletrônicas, os elétrons se acomodam em subníveis , que são:

S ————–> NO MÁXIMO 2 ELÉTRONS

P—————-> NO MÁXIMO 6 ELÉTRONS

D—————->NO MÁXIMO 10 ELÉTRONS

F—————-> NO MÁXIMO 14 ELÉTRONS

O que isso significa?

Que dentro de cada camada há uma certa quantidade de subníveis .

Se a camada for K , ela tem 2 elétrons. Então, terá somente o subnível S que comporta esses dois elétrons.

Se a camada for L, ela tem 8 elétrons. Dois ficam acomodados no subnível S e os outros seis, no subnível P . Veja na tabela abaixo:

Camadas de valência
Parece bem complicado, mas não é! imagem: toda a matéria

No próximo post você vai aprender como distribuir os elétrons nessas camadas ou níveis e nos subníveis !!! Aliás, você sabe que cada ÁTOMO tem um determinado número de elétrons? E que esse número é igual ao número de prótons em um átomo neutro?

pesquisa: brasilescola.uol.com.br ; todamateria.com.br ; Wikipédia ,Fundamentos da Química Moderna; Química cidadã .

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here