ASTRONAUTAS E SUAS LIMITAÇÕES

0
307

OLÁ PESSOAL!
Demorei, mais cheguei!
Fim de ano é mesmo uma avalanche…
ainda mais com essa mudança climática que trouxe muitas chuvas em alguns lugares e seca em outros. Degelo maior que o esperado e a certeza que alguma coisa precisa ser feita.
Mas essa é uma história que fica para uma outra vez!
Estão vendo a cabine aí do lado?
É da Estação Espacial.
Agora imagina essas pessoas convivendo juntas , durante dias, no pequeno espaço que dispõem.
Além das encrencas ( óbvias!) há a total falta de privacidade.
Então como eles fazem suas necessidades básicas?
E como evitar um sonoro “PUM”?
Na postagem anterior eu disse que explicaria como eles conseguem: assim se tiver alguém mais sonoro, pode seguir algumas das dicas!!!!!!!
Por mais irônico que pareça as pesquisas sobre os gases humanos tiveram uma grande contribuição com a era espacial.
Imagina ter que controlar uma atmosfera interna do veículo espacial: além do CO2 exalado pelos astronautas, havia o metano e o hidrogenio expelidos, gases altamente inflamáveis.
Portanto a dieta dos astronautas teve que ser reformulada não incluindo alimentos que formassem esses gases.
As comidas são liofilizadas, ou seja, desidratadas e embaladas a vacuo.
Os astronautas levam cerca de 30 minutos para reidratar e esquentar seus alimentos.
Aí vai um cardápio espacial:
Beef stroganoff
Brownies
Crispy rice cereal
Chicken stew
Scrambled eggs
Pineapple
Granola bars
Macaroni and cheese
Chocolate pudding
Eu é que gostaria de uma refeição como essa!!!!!!!!!
Mas todas as refeições são feitas com o mínimo de temperos que possam provocar efeitos colaterais.
Claro que eles urinam e evacuam e para isso tem um banheiro: os líquidos são jogados no espaço e os sólidos guardados como lixo.
XQUIMICA EXPLICA, MAS NÃO VAI PARA O ESPAÇO!
(HowStuffWorks Brasil- imagem e pesquisa)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here