DIAGRAMA DE PAULING- COMO USAR

0
85

NO POST ANTERIOR FALAMOS DE ÍONS E A REGRA DO OCTETO.

ENTÃO VOCÊS JÁ SABEM QUE, PARA UM ELEMENTO QUÍMICO FICAR ESTABILIZADO, ELE PRECISA DE 8 ELÉTRONS NA SUA ÚLTIMA CAMADA, OU CAMADA DE VALÊNCIA.NO CASO DO HÍDROGÊNIO, SÃO NECESSÁRIOS 2 ELÉTRONS.

AGORA VAMOS ENTENDER COMO ENCONTRAR QUANTOS ELÉTRONS TEM NESSA CAMADA DE VALÊNCIA. E PARA ISSO VAMOS PRECISAR DO:

DIAGRAMA DE PAULING

Diagrama de Linus Pauling: o que é, para que serve e como funciona
No diagrama estão as camadas eletrônicas, representadas pelas letras, o número da camada, os subníveis de cada camada e o número de elétrons de cada subnível. imagem: todoestudo.com.br

Preste atenção nesse diagrama de Pauling com as setas, indicando a ordem de energia:

Diagrama de Linus Pauling: entenda!
Sempre os níveis de energia vão do mais energético para o menos energético. imagem: Stoodi

Máximo de elétrons em cada camada ou nível:
imagem: Tabela periódica completa

ATENÇÃO: Na camada K ou nível 1 temos 2 elétrons, no máximo. Isso significa que pode ter só um, depende do elemento. Se ele só pode ter 2 elétrons, então o primeiro subnível é s2 :

Camadas eletrônicas, níveis e subníveis de energia com seus preenchimentos eletrônicos.
Nessa tabela, você consegue visualizar cada camada, a quantidade de elétrons e o preenchimento do Diagrama de Pauling. imagem: todoestudo.com.br

Agora, você pode perguntar: Por que tem que ser da forma mais difícil, inclinado para usar o diagrama?

Esse é o grande lance ! Dessa forma primeiro virão os subníveis mais energéticos e depois, os menos energéticos! Assim, na camada de valência- que não é necessariamente a última a ser escrita, estarão os elétrons que podem sair ou o espaço para eles entrarem.

E que número nós vamos usar para saber quantos elétrons tem em um elemento químico?

O número atômico!

Lembra que em um átomo, neutro, o número de elétrons é igual ao número de prótons? Então, se temos o elemento Cálcio – Ca – de número atômico = 20 , significa que ele tem 20 elétrons. e são esses elétrons que vamos distribuir nas camadas eletrônicas, seguindo o diagrama:

20 Ca =

Distribuição eletrônica: O que é e como fazer - Vai Química!
Veja como o diagrama funciona: de cima para baixo, sempre na diagonal, para pegar os subníveis mais energéticos primeiro.

Nesse caso, o cálcio possui 2 elétrons na sua última camada , 4s2 . Se você olhar a camada M, verá que tem 8 elétrons. Então, pense …. não seria bom se o cálcio se “livrasse” desses dois elétrons?

Outro exemplo:

Distribuição eletrônica do Rubídio
Distribuição eletrônica do rubídio Z= 37 – veja que na última camada ele ficou com 1 elétron, DA MANEIRA COMO JÁ FALAMOS- O AJUSTE PARA O NÚMERO NECESSÁRIO, NA ÚLTIMA CAMADA ESCRITA! imagem: Manual da Química

EXERCÍCIOS:

1- Considerando que o número atômico do titânio é 22, sua configuração eletrônica será:

a) 1s2 2s2 2p6 3s2 3p3

b) 1s2 2s2 2p6 3s2 3p5

c) 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2

d) 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d2

e) 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p6

RESPOSTA: conte os números acima das letras.

2-Faça a distribuição eletrônica em níveis de energia para os seguintes elementos:

a)      9F

b)       10Ne

c)       15P

d)      28Ni

e)      56Ba

RESPOSTAS:

a)      1s2  2s2  2p5

b)      1s2  2s2  2p6  

c)       1s2  2s2  2p6   3s2   3p3

d)      1s2  2s2  2p6   3s2   3p6  4s2  3d8

e)      1s2  2s2  2p6   3s2   3p6  4s2  3d10  4p 5s2   4d10  5p6  6s2

3- Utilizando o diagrama de Pauling, realize a distribuição eletrônica do elemento tungstênio (W), cujo número atômico (Z) é igual a 74 e, posteriormente, forneça:

a)     A distribuição eletrônica em ordem de energia;

b)     A ordem geométrica;

c)     O número total de elétrons por camada;

d)     O número de elétrons no subnível mais energético;

e)     O número de elétrons no subnível mais externo.

RESPOSTAS:

Distribuição eletrônica no diagrama de Pauling:

a)  1s2  2s2  2p6   3s2   3p6  4s2  3d10  4p 5s2   4d10  5p6  6s2   4f14  5d4

b) 1s2  2s2  2p6   3s2   3p6  3d10  4s2  4p 4d10  4f14    5s2  5p6  5d4    6s2

c) K = 2; L = 8; M = 18; N = 32 ; O = 12; P = 2

d) O subnível mais energético é sempre o último a receber elétrons no diagrama de Pauling; logo, no átomo de tungstênio esse subnível é o 5d, apresentando 4 elétrons. – O ÚLTIMO SUBNÍVEL NÃO É NECESSARIAMENTE O MAIS ENERGÉTICO!!!

e) O subnível mais externo de um átomo é sempre aquele que se encontra mais afastado do núcleo, ou seja, localiza-se na camada de valência. No tungstênio temos 6 níveis de energia; logo, o subnível mais externo está localizado no nível 6 ou na sexta camada. Assim, os elétrons mais externos estão situados no subnível 6s, contendo 2 elétrons.

AGORA QUE VOCÊ ENTENDEU ESSE PROCESSO, VAMOS VER AS SEMELHANÇAS ATÔMICAS?

TEM ELEMENTOS QUE SÃO SEMELHANTES???

pesquisa: imagens identificadas, Toda a matéria UOL, Manual da Química, brasilescola.uol.com.br, Princípios da Química – Peter Atkins. Texto próprio.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here