DIAMANTE NÃO É O MINERAL MAIS DURO!!!!!!!!!!!

0
635

ALÔ PESSOAL!
XQUIMICA vai derrubar o diamante do posto de ” mineral mais duro” !

fonte:www.leonardobrum.com.br

Mas voce merece saber como surgiram os diamantes, não é?
 É a estrutura
molecular dos diamantes que os torna tão duros. O diamante
está organizado em uma estrutura cristalina tridimensional
em que cada átomo liga-se a outros 4 formando uma unidade tetraédrica

O diamante
é o mineral mais duro encontrado na natureza. O seu grau de
dureza é 10, valor máximo atribuído na Escala
de Mohs. Assim, ele é capaz até de cortar ferro e aço,
serrar pedras, moer, polir e ra

Os diamantes foram supostamente descobertos na Índia, vários séculos antes de Cristo, conforme registros encontrados nos textos Sânscritos  Arthasastra e Ratnapariska. Até o século XVII, a Índia 
  era praticamente o único país produtor mundial de diamante,  segundo relato do francês Tavernier, nas suas diversas viagens ao Oriente, sobre as minas diamantíferas da Região de  Kurnool, na Índia.
A maioria dos diamantes é formada de carbono que estava no  manto desde que a Terra se formou.
 Esse carbono orgânico foi   enterrado em rochas que foram arrastadas para baixo do manto por causa   das placas tectônicas e da deriva continental. Os diamantes  se formam a aproximadamente 161 km abaixo da superfície da Terra, região que proporciona a pressão e o calor adequados 
 para transformar carbono em diamante.Todos os seres vivos da Terra  são feitos de carbono. Atualmente, são conhecidos cerca  de 10 milhões de compostos de carbono.
 
       Se um de nós  caísse por alguma razão em uma vala oceânica na beira 
        de uma placa tectônica onde as rochas são arrastadas para 
        debaixo do continente, poderíamos reaparecer daqui a milhões 
        de anos na forma de diamantes!Para se extrair um quilate de diamante, 
        é preciso extrair cerca de 250 toneladas de cascalho. Para que 
        um diamante seja criado, o carbono deve estar embaixo de, pelo menos, 
        435.113 libras por polegada quadrada (psi ou 30 kilobars) de pressão 
        a uma temperatura de, pelo menos, 400º C. Se as condições 
        estiverem abaixo destes dois pontos, será formado o grafite. Em 
        profundidades de 150 km ou mais, a pressão vai para 725.189 psi 
        (50 kilobars) e o calor pode exceder 1.200º C.
        Os diamantes ascenderam à superfície através de erupções  vulcânicas.
 Mais tarde, quando as atividades vulcânicas diminuíram  e a era glacial tomou lugar, 
os diamantes permaneceram encaixados em um magma solidificado conhecido como "blue ground" ou "kimberlite". 
        O nome Kimberlito vem da cidade de Kimberley, na África do Sul de onde foram extraídos 
diamantes pela primeira vez nos anos 1870 .
 Ainda hoje são produzidos alguns dos maiores diamantes do mundo e uma das 
substancias mais baratas da natureza: o grafite (aquela das pontas dos lápis, lembra?). 
Ademais, sendo carbono puro, o diamante arde quando exposto a uma chama,
 transformando-se em dióxido de carbono. É solúvel em diversos ácidos e infusível, exceto a altas pressões.
É a estrutura
molecular dos diamantes que os torna tão duros. O diamante
está organizado em uma estrutura cristalina tridimensional
em que cada átomo liga-se a outros 4 formando uma unidade tetraédrica
 
O diamante
é o mineral mais duro encontrado na natureza ( até as pesquisas abaixo serem realizadas) . O seu grau de
dureza é 10, valor máximo atribuído na Escala
de Mohs. Assim, ele é capaz até de cortar ferro e aço,
serrar pedras, moer, polir e raspar diversos tipos de instrumentos.
Curiosamente, sua estrutura é composta de apenas um elemento:
o carbono, a mesma composição de uma das substâncias
mais frágeis e baratas da natureza: o grafite.
 Agora  aquele que é mais duro que o diamante: lonsdaleíte
fonte:http://ies.martaguisela3.climantica.org
E sua estrutura que explica sua alta capacidade de dureza, muito superior ao diamante:
fonte:http://pt.depositphotos.com
Lonsdaleite , também chamado de diamante hexagonal , em referência à sua estrutura cristalina , é um alotropo do carbono com uma estrutura hexagonal. Na natureza, ele se forma quando os meteoritos que contêm grafite chegam à  Terra. O grande calor e estresse do impacto transforma o grafite em diamante, mas mantém o hexagonal do grafite na rede cristalina . Lonsdaleite foi identificado pela primeira vez em 1967 a partir do meteorito Canyon Diablo , onde ocorre como cristais microscópicos associados ao diamante. 
Esse diamante hexagonal também tem sido sintetizado em laboratório (1966, ou mais cedo, publicada em 1967)  por compressão e aquecimento de grafite ,quer numa prensa estática ou utilizam explosivos . Também foi produzido por deposição de vapor químico , e também pela decomposição térmica de um polímero, poli (hydridocarbyne) , à pressão atmosférica, com argônio à temperatura de 110 ° C (230 ° F).
É translúcido, amarelo-acastanhado, e tem um índice de refracção de 2,40-2,41, uma gravidade específica de 3,2 a 3,3 e uma dureza de Mohs de 7-8.
A dureza de Mohs de diamante é de 10, e a menor dureza de lonsdaleite é
principalmente atribuída a impurezas e imperfeições do material que
ocorre naturalmente. Uma amostra pura pode ser  58% mais dura  do que o diamante.( fonte: en.wikipedia.org )

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here