FORMOL – ORGÂNICA TOTAL!

2
234

( imagem:http://calqui.blogspot.com) OLÁ PESSOAL!!!!!!!
Linda a fórmula acima, não?
Química orgânica é “master blaster mega super hiper legal”!
Toda vez que voce pega um medicamento, um shampoo, sabonete, pasta de dentes , desodorante, comidas enlatadas etc…. sempre irão aparecer muitoooooooooos componentes organicos!
Mas hoje é o dia do formol, também chamado de aldeído formico ou formaldeído.
Voce, mulher, já deve ter ouvido falar que essa substancia é usada em escovas progressivas.
Pois é!
Mas é perigoso!
O formol ou formaldeído, solução a 37%, é um composto líquido claro com várias aplicações, sendo usado normalmente como preservativo, desinfetante e anti-séptico. Também é usado para embalsamar peças de cadáveres, mas é útil também na confecção de seda artificial, celulose, tintas e corantes, soluções de uréia, tiouréia, resinas melamínicas, vidros, espelhos e explosivos. O formol também pode ser utilizado para dar firmeza nos tecidos, na confecção de germicidas, fungicidas agrícolas, na confecção de borracha sintética e na coagulação da borracha natural. É empregado no endurecimento de gelatinas, albuminas e caseínas. É também usado na fabricação de drogas e pesticidas.
ToxicidadeO formol é tóxico quando ingerido, inalado ou quando entra em contato com a pele, por via intravenosa, intraperitoneal ou subcutânea. Em concentrações de 20 ppm (partes por milhão) no ar causa rapidamente irritação nos olhos. Sob a forma de gás é mais perigoso do que em estado de vapor.
Carcinogenicidade (avaliação do potencial cancerígeno)
Em quatro instituições internacionais de pesquisa foi comprovado o potencial carcinogênico do formaldeido.
Sintomas em caso de intoxicação
A inalação deste composto pode causar irritação nos olhos, nariz, mucosas e trato respiratório superior. Em altas concentrações pode causar bronquite, pneumonia ou laringite .
Os sintomas mais freqüentes no caso de inalação são fortes dores de cabeça, tosse, falta de ar , vertigem, dificuldade para respirar e edema pulmonar . O contato com o vapor ou com a solução pode deixar a pele esbranquiçada, áspera e causar forte sensação de anestesia e necrose na pele superficial.Longos períodos de exposição podem causar dermatite e hipersensibilidade, rachaduras na pele (ressecamento) e ulcerações principalmente entre os dedos; podem ainda causar conjuntivite (fonte:http://www.inca.gov.br)
Onde mora o perigo:
O processo é semelhante em diversos estabelecimentos: a cabeleireira lava a cabeça da cliente com xampu de limpeza profunda e, depois, aplica o creme para alisar os cabelos (é nessa mistura que o formol pode ter sido utilizado). Em seguida, é feita uma escova normal e a modelação com uma chapinha.
Normalmente a cliente é orientada para não lavar a cabeça: aí o “bicho” pega!
Qualquer um dos sintomas acima significa ” correr para o hospital” porque a quantidade de formol usada não estava de acordo com o permitido!
ANTES CABELO COM CACHOS E VIVO DO QUE LISO E ENCAIXOTADO!
.

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here