GÁS LACRIMOGÊNIO- O QUE É, O QUE FAZ!

0
298

ALÔ PESSOAL!!!!!
Em tempos como esses, é bom saber a estrutura de certas substancias usadas . Uma delas é o gás lacrimogênio.
Vamos entender sua estrutura química:
Gás lacrimogêneo (do latim lacrima = lágrima) é um nome genérico dado a vários tipos de substâncias irritantes da pele, olhos (pode causar cegueira temporária) e vias respiratórias, tais como o brometo de benzila, ou o gás CS
(clorobenzilideno malononitrilo). O uso crescente do gás lacrimogêneo,
pela polícia e exército, como arma de “controle de multidões” deveu-se
ao fato de, supostamente, ser capaz de dispersar multidões sem causar
efeitos letais (mortes). Os primeiros estudos clínicos mostravam que o
gás causava irritação e mal-estar e, em concentração controlada, era
incapaz de deixar marcas ou causar óbitos. Por isso era chamado de arma não letal. Porém, em crianças de colo o efeito pode ser consideravelmente perigoso.

Gases lacrimogênios populares são os irritantes oculares CS, CN (cloroacetofenona) e CR (dibenzoxazepina), e o irritante respiratório aerossol de pimenta ou gás OC (de oleorresina Capsicum).
A forma mais comum de gás lacrimogêneo, o CS (chlorobenzylidenemalononitrile), foi desenvolvido nos anos 50, na Inglaterra, pelo laboratório CBW (no polêmico centro de pesquisas de armas químicas de Porton Down). Depois, nos anos 1960, foi utilizado em larga escala pelos Estados Unidos durante a Guerra do Vietnam.

Suas fórmulas variam. Podem ser, por exemplo, cloro-acetona (CH3–CO–CH2–Cl), bromo-acetona (CH3–CO–CH2–Br) ou acroleína (CH2=CH–COH). O CS é mais forte que o CN, porém desvanece mais rápido.

Qualquer composto químico
que produza estes efeitos pode ser chamado lacrimogêneo, mas a
denominação “agente de controle antidistúrbio” ou “gás lacrimogêneo”
refere-se um produto químico lacrimogêneo escolhido por sua baixa toxicidade e por, supostamente, não ser letal.
Os efeitos da exposição ao gás lacrimogêneo são reações involuntárias
de lacrimação com uma sensação de queimadura na boca e trato
respiratório. Coceiras, inflamações, dor de cabeça, sensação de
insuficiência respiratória são os efeitos mais comuns.

Atualmente, os gases lacrimogêneos, incluindo o gás de pimenta, são legalizados em alguns países, apenas como armas para auto-defesa, porém tais armas – disponíveis em embalagens portáteis, como latas de spray – necessitam de licença e treinamento para seu porte e seu uso é restrito.
Fórmulas:

veja que essas fórmulas apresentam  haletos: cloro, bromo, nesses casos 
 lata de aerossol liberando o gás.
fontes: Wikipédia, Brasil Escola e Folha de São Paulo
 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here