GASES E SUAS VARIÁVEIS

0
409

ALÔ PESSOAL!!!!
Conforme falei ontem, vamos dar uma olhada em gases?
Tipo um resumo para  você se localizar rapidinho:
Definição:
Gases são compostos moleculares que possuem características como a
grande compressibilidade e a capacidade de se expandirem, estes
compostos não possuem volume fixo, são miscíveis entre si e em qualquer
proporção.
  As
moléculas estão sempre em movimento desordenado. Este movimento faz com
que algumas partículas se choquem quando estão confinadas em algum
recipiente, e este choque gera o que chamamos de pressão que o gás
exerce sobre determinadas superfícies.

Variáveis de um gás:
Pressão: a pressão de um gás pode ser definida como a
força que o mesmo exerce na direção perpendicular sobre a área de uma
dada superfície.

Volume: é impossível determinar o volume exato de um gás, pois sempre ocupam o volume total do recipiente em que estão confinados;

Temperatura: se relaciona com o grau de agitação das partículas, quanto maior a agitação maior será a temperatura do sistema.

Transformações gasosas:
Transformação isobárica: acontece quando a pressão é constante e o volume e a temperatura variam.

Se aumentarmos a temperatura de um gás e mantivermos constante sua pressão, observaremos um aumento do volume ocupado pelo gás.

V = k
T

A relação entre volume e temperatura pode ser demonstrada pela fórmula:

V1 = V2
T1     T2

Essa relação representa a Lei de Charles Gay-Lussac, este nome é uma homenagem aos fundadores desta lei: os químicos franceses Jacques A. César Charles (1746-1823), e Joseph Gay-Lussac (1778-1850).

Transformação isovolumétrica: nesse caso o volume permanece constante e a
pressão e temperatura é que variam. Um aumento na temperatura de um gás
influi no aumento da pressão por ele exercida, de forma que o quociente
seja constante.

P = K
T

Logo se estabelece a relação:

P1 = P2
T1     T2

Transformação isotérmica: a temperatura permanece constante e as variáveis são a pressão e o volume.

Quando aumentamos a pressão sobre um gás, o volume ocupado por ele
diminui, o que faz com que o produto dessas grandezas seja constante: PV=K.
K= constante

Essa transformação foi observada de forma experimental pelo químico Robert Boyle (1627-1691) e ficou conhecida como Lei de Boyle.

A partir das equações relacionadas acima, que relatam as três
transformações gasosas, é que se chegou à equação que aborda as três
variáveis de estado (P, V e T):

P1V1 = P2V2
  T1         T2

Essa é conhecida como a equação geral dos gases.
Vamos estudar!!!ENEM chegando…..
fonte: www.brasilescola.com.br)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here