LHC- ENFIM UM BIG BANG!

6
225

OLÁ PESSOAL!!!!!!!
Nem venha me dizer que isso não tem nada a ver com chemistry!
São maravilhosos feixes de prótons colidindo!!!!!! E olha essa energia!!!!!!!!!!
GENEBRA – Pela primeira vez, cientistas conseguiram nesta terça-feira fazer o maior colisor de partículas do mundo – o Grande Colisor de Hádrons (LHC, na sigla em inglês) – funcionar e recriar uma situação similar aos instantes posteriores ao Big Bang, a grande explosão que deu origem ao universo.
A colisão de feixes de prótons, feita a uma energia de 7 TeV teraeletrovolts, foi alcançada após duas tentativas fracassadas. O LHC conseguiu colidir dois feixes de prótons a uma velocidade três vezes maior que o recorde anterior. Segundo os cientistas responsáveis pelo LHC, a energia de 7 TeV teraeletrovolts é recorde.

As colisões, porém, causaram receio em algumas pessoas, que temiam riscos para o planeta por causa da criação de pequenos buracos negros – versões subatômicas de estrelas que entram em colapso gravitacional -, cuja gravidade é tão forte que eles podem sugar planetas e outras estrelas. O Cern e muitos cientistas rejeitam qualquer ameaça à Terra ou às pessoas, afirmando que esses buracos negros seriam tão fracos que se desfariam quase logo após serem criados, sem causar problemasA energia extra obtida no LHC europeu deve revelar dados sobre algumas questões ainda não respondidas na física de partículas, como a existência da antimatéria e a busca pelos bósons de Higgs, uma partícula hipotética que, segundo cientistas, daria massa a outras partículas e, com isso, para outros objetos e criaturas no universo.
O LHC funciona atualmente sem utilizar todo seu potencial, já que foi concebido para produzir choques a uma velocidade de 14 TeV, ou 99,99% da velocidade da luz, que pode alcançar em 2012.Os cientistas também esperam analisar, em escala mínima, o que ocorreu nos segundos após o Big Bang, que segundo eles foi o momento de criação do universo, cerca de 14 bilhões de anos atrás. ( imagem e texto:ultimosegundo.ig.com.br ) Uma vez estabelecidas as colisões em alta velocidade, o plano é continuar operando continuamente por 18 a 24 meses, com uma curta pausa técnica no final de 2010, disse o CERN.
De acordo com representantes do conselho, é possível que seja detectada matéria escura, que os cientistas acreditam que compõe 25% do universo mas cuja existência nunca foi comprovada.
Astrônomos e físicos dizem que apenas 5% do universo é conhecido hoje e que o restante invisível consiste de matéria escura e energia escura, que compõem respectivamente 25% e 70% do universo.
“Se conseguirmos detectar e entender a matéria escura, nosso conhecimento vai se ampliar para abranger 30% do universo, o que seria um avanço enorme”, disse Heuer em coletiva de imprensa no início do mês.( Jornal do Brasil)Aguardem: vem mais novidades por aí, agora que começaram vamos chegar no início dos tempos ( ou no final?)XQUIMICA ALUGANDO UM BUNKER!!!!!!!!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here