QUIMICA DOS ALIMENTOS- PARTE 1

0
401

ALÔ PESSOAL!!!
Mais um assunto listado para o ENEM: Quimica dos alimentos.
Porém esse é um assunto extenso que avalia não só a composição dos alimentos, como também os aditivos, conservantes, edulcorantes para que eles permanecam mais tempo em condições de uso.
 Por isso vamos dividir em partes
Antes veja uma pirâmide alimentar:

Parte 1- COMPOSIÇÃO

Os alimentos são nossa principal fonte de energia. Para desempenhar todas as atividades
do dia a dia nosso organismo necessita de consumo alto de energia e é a partir da
energia gerada pelos alimentos que as desenvolvemos.
Mas os alimentos não são somente fonte de energia, eles também são importantes pois é
a partir deles que recebemos todas as substâncias necessárias para a manutenção dos
nossos órgãos e para o perfeito funcionamento de cada um deles. Portanto, os alimentos
fornecem diversas substâncias que utilizamos nas mais variadas situações durante toda a
nossa vida, que são os chamados nutrientes.
São exemplos de nutrientes proteínas, gorduras, açúcares, vitaminas e sais minerais que são algumas das substâncias presentes em todos os alimentos. Há alimentos que são excelentes fontes de proteínas como carnes, pescados, leite e ovos.
 Outros são mais ricos em açúcares ou carboidratos como o mel.
 Outros são mais ricos em gorduras como a manteiga, o toucinho e os óleos. Outros são excelentes fontes de vitaminas como as frutas e os legumes. 
Os sais minerais reúnem substâncias derivadas dos metais e são essenciais para o
funcionamento normal do organismo de todos os seres vivos.Os carboidratos, por exemplo,que são as principais fontes de energia são produzidos
pelas plantas a partir da utilização da luz solar, do gás carbônico (CO2) da atmosfera e da água (H2O) e sais minerais (p.e. MgSO4) que estão no solo, a reação ocorre na presença da clorofila (C55H55N4O5Mg) que é o pigmento verde das plantas.
As proteínas se constituem em moléculas com peso molecular elevado e desempenham as mais diversas funções no nosso organismo. Podemos citar, por exemplo, a contração muscular, sem a qual não poderíamos nos movimentar. 
As proteínas são macromoléculas obtidas pela reação entre os aminoácidos, que são a unidade fundamental das proteínas. As vitaminas são moléculas muito interessante pois são responsáveis pelo aproveitamento adequado dos diversos nutrientes. Estas substâncias se enquadram em grupo com função química específica, pois suas estruturas moleculares são diversas e são melhores classificadas pela sua solubilidade em água, se constituindo em moléculas polares ou apolares, conforme sejam mais solúveis em água ou em óleo, dessa maneira suas fontes também são aquosas ou oleosas. Por exemplo, a vitamina C (ácido ascórbico), cuja estrutura é mostrada na figura abaixo é solúvel em água (hidrossolúvel)e as melhores fontes são os sucos de frutas cítricas. Já a vitamina A (retinol) ou a vitamina E (tocoferol) são solúveis em gordura (lipossolúveis) e sua melhor fonte é o óleo de fígado de bacalhau, dentre outros.
Além, das proteínas, gorduras,açúcares, vitaminas e sais minerais, há diversas outras substâncias contidas nos alimentos que são importantes para a nossa saúde, como as fibras e os pigmentos, dentre outras.
Além disso, existem também as substâncias que podem estar presentes nos alimentos,
seja naturalmente ou acidentalmente, que podem prejudicar a saúde como os chamados agentes antinutricionais, que são responsáveis por sabor ou odor desagradáveis, ou até por envenenamentos.
Por todas essas razões é haja pesquisas a fim de se determinar a composição química dos alimentos, ou seja que haja informação séria a respeito dos constituintes e de suas quantidades em cada alimento. E isto é muito importante pois é a partir do conhecimento da composição química dos alimentos que podemos escolhermos
alimentos de acordo com as nossas necessidades, já que nas diversas fases de nossa vida podemos apresentar uma necessidade maior de um determinado nutriente em relação a outro. Ou, quando apresentamos determinados quadros de enfermidades devido a deficiência de um determinado nutriente na nossa dieta. Por exemplo, na anemia por deficiência de ferro, nesse caso, é necessário se submeter a uma dieta rica em fontes desse nutriente. Existem diversas outras situações cujo aparecimento de doenças é
devido à deficiências nutricionais; por isso, é sempre interessante manter uma alimentação rica com fontes diferentes dos mais diversos nutrientes.
fonte: http://www.fapern.rn.gov.br

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here