SULFLURAMIDA- BASE DE INSETICIDAS PARA FORMIGAS

0
324

AI, GALERA!!
Tudo bem?
Existem épocas do ano em que os insetos resolvem nos visitar. São as formigas que estão por toda a parte, inclusive na lavoura, sendo uma das pragas mais combatidas com inseticidas.
Inseticidas são substâncias utilizadas para o controle dos insetos considerados pragas, ajudando tanto a agricultura como o saneamento para a população .Mais pessoas, mais comida, mais plantações, essa necessidade de aumento da produção dos alimentos tornou praticamente impossível não utilizar os inseticidas para a proteção das lavouras dos diversos grãos.Quanto ao ser humano, eliminar insetos na sua casa e em ambientes públicos e industriais também é cada vez mais necessário em função da propagação de algumas doenças como a DENGUE .

Entre os insetos em geral, as formigas urbanas são uma praga disseminando fungos e bactérias, já que podem contaminar alimentos e  contribuir para proliferar doenças, motivo pelo qual precisa ser controlada a sua presença no ambiente. O inseticida,
especificamente o formicida (“matador de formigas”) é uma mistura de
produtos químicos que pode ser apresentar na forma de isca, que é um
produto granulado que o inseto leva para o interior do formigueiro como se fosse mais um alimento, e na forma sólida (pó) ou líquida os quais devem ser aplicados de maneira tal que haja contato físico com o inseto a fim de surtir efeito, já que não atuam por ingestão. No formigueiro,através de trocas alimentares entre formigas, o uso da isca atua como mais um alimento e na passagem de boca em boca (através das pequenas mandíbulas das formigas) esse alimento tóxico para elas atinge grande número de indivíduos, o que permite em questão de  tempo exterminar o formigueiro.
O  princípio ativo para as iscas doces
As (formigas caseiras ou doceiras) é diferente para as iscas gordurosas
(formigas cortadoras ou de jardim), neste último caso a sulfluramida. A
baixa concentração de sulfluramida é vantajosa uma vez que reduz
substancialmente o risco de acidentes domésticos, como a ingestão
acidental por humanos. O fato de ser menos tóxica não a torna menos
efetiva, a diferença é apenas no tempo de mortalidade do inseto. Outra
vantagem nos produtos com baixa dose de sulfluramida é desejar que as formigas responsáveis pela coleta de alimentos, as operárias, levem a isca para o interior do formigueiro e as distribuam para os demais
indivíduos do ninho, como as larvas, os jovens e as rainhas.

O efeito lento das iscas faz com que as
formigas sejam envenenadas em doses baixas ou mínimas, sem perceberem.
Caso contrário, elas parariam de levar o alimento para dentro da colônia
e a eficiência do produto seria mínima. Nas iscas gordurosas, a
sulfluramida (dentre outras opções) é absorvida junto com o óleo usado na sua composição por uma glândula localizada na cabeça do inseto. Isso provoca a morte, ao inibir a produção de energia nas mitocôndrias,estruturas celulares responsáveis por essa função no  organismo da formiga.
A sulfluramida é um principio ativo que forma parte de diversos inseticidas de ação lenta sob a forma de iscas com componentes atrativos para as formigas principalmente. Por questões de segurança e estratégia biológica ela é utilizada em pequenas doses. A quantidade dela presente em qualquer inseticida é regulamentada pela ANVISA (Agencia Nacional de Vigilância Sanitária) através de monografias disponíveis na internet. O número de CAS é 4151-50-2, cuja sigla em inglês é PFOSA. Sua fórmula estrutural é:

Fórmula estrutural da Sulfluramida

Pode ser observado que é um composto com
dezessete átomos de flúor e uma cadeia carbônica de oito carbonos
(cadeia alifática) a qual torna a sulfluramida um composto muito estável
no meio ambiente. É um composto organofluorado cuja nomenclatura IUPAC
é: 1,1,2,2,3,3,4,4,5,5,6,6,7,7,8,8,8-heptadecafluorooctano-1-sulfonamida. Da observação da fórmula pode-se concluir também a existência de isômeros.
Método de obtenção:
Ação nas formigas:
A sulfluramida mata insetos pelo rompimento do fluxo normal de prótons
usados por suas células de armazenamento de energia (mitocôndrias) para
criar o ATP (Adenosina Trifosfato). Sendo as mitocôndrias quebradas, a
energia reservada é consumida. A sulfluramida afeta, portanto, o
processo de fosforilação oxidativa (respiração aeróbia) agindo sobre as
mitocôndrias e interrompendo a produção de ATP. A perda de produção de
ATP é letal para insetos.
Químico Industrial – CRQ XIII 13401156
ESSAS SÃO FORMIGAS  DOCEIRAS, SUBMETIDAS AO TRATAMENTO POR  GEL.
ESSAS SÃO AS FORMIGAS DE JARDIM, UMA PRAGA NA LAVOURA, COMBATIDA COM INSETICIDAS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here