UM INCRÍVEL HIDROGEL

0
1073

OI!

NOSSO TEMA DE HOJE É HIDROGEL. TEM IDEIA DO QUE SEJA?

NEM TODO HIDROGEL É IGUAL !

O hidrogel pomada é um gel estéril capaz de absorver água da pele, sendo indicado para o tratamento de feridas, pois promove a remoção de tecido morto, além da hidratação, cicatrização e proteção da pele, ajudando a aliviar a dor no local da ferida, pois umidifica as terminações nervosas expostas.

Essa pomada deve ser usada com indicação médica e aplicada conforme orientação do enfermeiro, e pode ser comprada em farmácias e drogarias com o nome comercial Curatec Hidrogel na forma de pomada ou de curativo pronto para uso, ou com o nome similar SoloSite Hidrogel Amorfo ou Askina Gel, por exemplo.

Além disso, existem outras formulações do hidrogel pomada contendo a substância alginato, que tem ação antibacteriana, também indicado para o tratamento de feridas, e pode ser encontrado com os nomes comerciais de Curatec Hidrogel Alginato ou Dersani Hidrogel com Alginato.

Hidrogel pomada: o que é, para que serve, como usar e efeitos colaterais
como é apresentado o hidrogel para uso medicinal – imagem : minhavida.com.br

Para que serve

O hidrogel pomada está indicado para o tratamento feridas secas, superficiais ou profundas, com ou sem infecção, como:

  • Feridas com aparência rósea, lisa e granular;
  • Úlceras venosas ou arteriais;
  • Escaras ou úlceras de pressão;
  • Úlcera de pé diabético;
  • Queimaduras de segundo grau pequenas;
  • Feridas com perda parcial ou total de tecidos;
  • Cortes na pele;
  • Áreas pós-trauma.

O hidrogel pomada está indicado nestes casos para promover a remoção do tecido morto de ferida e estimular a cicatrização da pele.

Mas existem outros tipos de hidrogel e outros usos:

Assista a esse vídeo:

Um hidrogel como nenhum outro: fratura somente em energia acima de 250 kJ/m2 – cerca de 100 vezes mais resistente do que um hidrogel convencional.

O segredo está no reforço do hidrogel através um polianfótero com fibras de vidro. O material tem resistência mecânica comparável a plásticos duros como kevlar ou poliuretanas.

COMPOSIÇÃO QUÍMICA DO HIDROGEL:

Hidrogel é um gel formado por uma rede tridimensional de polímeros e copolímeros hidrofílicos, composto por água (70% – 90%), óxido de polietileno, poliacrilamida e polivinilpirrolidona.( plásticos)

POLIACRILAMIDA  http://patentados.com/img

 POLIVINILPIRROLIDONA

As principais ações do hidrogel são:

  • Hidratação de feridas secas;
  • Promoção da autodestruição celular (autólise);
  • Mantém a ferida úmida, absorvendo o exsudato;
  • Alívio da dor, pela sua alta umidade e hidratação das terminações nervosas.

USO DO HIDROGEL CIRÚRGICO

O hidrogel era  frequentemente utilizado em cirurgias plásticas para aumentar o volume de determinadas regiões do corpo, como coxas e nádegas, sendo também usado para preencher linhas de expressão e rugas no rosto e pescoço.

Nestes casos, o hidrogel é injetado sob a pele num procedimento cirúrgico feito com anestesia local, preferencialmente realizado por um cirurgião plástico ou um dermatologista. O hidrogel permanece no corpo por até dois anos, sendo absorvido pelo organismo após esse período.

HIDROGEL AMORFO

Pode ser a base de glicerina ou água e ter na sua composição alginatos e carboximetilcelulose de cloreto de sódio a 20% para tratar feridas secas ou a 0,9% para processos de cicatrização e ainda alginato de cálcio.
É transparente, o que permite a visualização da ferida e pode ser estéril e não estéril.

HIDROGEL CIRÚRGICO :

hidrogel é um polímero que trabalha na função de preenchimento pela absorção de substâncias através principalmente de sua solução aquosa. É uma substância que tem em sua composição 98% de água e 2% de microesferas de poliamida, semelhante ao plástico.

A principal característica do hidrogel é ter um custo baixo, por esse motivo ele passou a ser usado em preenchimentos em larga escala, em regiões como glúteos e coxas.

O problema disso é que o hidrogel pode se infiltrar nos tecidos do corpo, causando processos inflamatórios, que podem evoluir para processos infecciosos. Isso pode causar uma série de complicações.

Indicações do hidrogel

O hidrogel é utilizado para corrigir pequenas cicatrizes, deformidades da pele e rugas e preenchimento de áreas como rosto e pescoço, para amenizar rugas e flacidez.

Alguns pacientes utilizam o produto para preencher áreas maiores como nádegas e coxas, mas esse tipo de procedimento causa muito mais riscos.

Como o hidrogel é usado

O hidrogel é aplicado diretamente por meio de uma microcânula na região entre o subcutâneo e a fáscia muscular (tecido que envolve os músculos), sem a utilização de um dispositivo indireto como próteses. Imediatamente após a aplicação é realizada uma massagem na área.

Assim que é realizada a aplicação do produto, o hidrogel provoca uma reação inflamatória, natural de defesa do organismo que o protege de uma infecção.

Depois de injetado, o produto adquire consistência gelatinosa e o corpo produz uma cápsula que envolve a substância garantindo assim a sua permanência maior no local de aplicação, o que evita que a substância se espalhe pelo corpo.

Riscos do hidrogel

Por mais que o corpo produza uma cápsula que envolve o hidrogel, ainda assim a risco de que a substância se espalhe pelo corpo ou que seja reconhecida como um objetivo estranho pelo sistema imunológico.

Isso faz com que diversos problemas apareçam, como reações alérgicas, endurecimento dos tecidos com formações de granulomas ou nódulos, deformidades, imperfeições, infecções localizadas e sistêmicas, necrose, problemas circulatórios como embolia pulmonar e até o óbito.

As reações nem sempre aparecem logo após aplicação: como o hidrogel demora muito tempo para ser eliminado do corpo, os efeitos colaterais podem se manifestar até 10 ou 15 anos depois de seu uso inicial.

Além disso, existem complicações relacionadas à técnica de aplicação. Por exemplo, com a utilização de seringa os riscos de perfurar algum vaso e causar embolia pulmonar aumentam.

Não obstante, devido à posição de aplicação do hidrogel e por ele ter propriedades que se ramificam no tecido, se houver algum processo infeccioso associado ao músculo, é preciso fazer a retirada de parte dele.

Pele em foco

fontes :http://falaquimica.com
http://www.significados.com.br
http://pubs.rsc.org/en/content/articlehtml/2015/mh/c5mh00127g – tradução do texto feito pelo XQUIMICA.

https://www.minhavida.com.br

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here